Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages
familias

Assalto em casa? Saiba como se proteger.

Manter a segurança de nossa casa e nossa família tem sido uma missão cada vez mais árdua. Com o crescimento da violência nas cidades, a insegurança se torna uma preocupação cada vez maior para os brasileiros e nesse cenário caótico, a solução é recorrer a equipamentos de segurança que estão cada vez mais eficazes.

Com a grande variedade desses produtos, há também uma maior facilidade na aquisição desses dispositivos que antes eram um investimento que podia comprometer o orçamento.

Aliar o uso de equipamentos de segurança com novos hábitos de cautela, também pode ajudar e muito na precaução de furtos e roubos nas residências.

Adote hábitos de precaução.

O hábito de trancar portas e janelas pode parecer um pouco óbvio para a segurança da casa, porém, com o crescimento de condomínios fechados e prédios residenciais com portaria, esse hábito pode passar despercebido por algumas pessoas. Conferir se portas e janelas da frente e dos fundos da residência estão devidamente trancadas pode ser uma atitude que fará a diferença.

Adotar o uso de cortinas mais grossas para impedir a visualização do interior da casa também são de grande valia, já que normalmente as ações de assaltantes são adotadas após um estudo sobre os hábitos dos moradores.

Evitar plantas e vasos muito grandes na frente e laterais de casa também pode evitar esconderijos para os ladrões.

Iluminação

Investir em pontos de luz na fachada, jardins e laterais da casa, junto com  sensores de presença também podem inibir a ação de bandidos.

Os sensores de presença funcionam para detectar a presença de pessoas e carros e podem ser configurados para permanecerem acesos durante um determinado tempo, apagando somente ao passar esse tempo e caso não detecte mais nenhum movimento nesse intervalo.

Clique para conhecer os produtos de Iluminação JFL.

Câmeras e Sistemas de Segurança

Ter um sistema de alarme em sua residência – e preferencialmente que seja monitorado por alguma empresa de segurança – permite segurança 24 horas por dia. Também é indicado a instalação de câmeras de segurança nas áreas internas e externas. Elas podem ser do modelo Wi-Fi que são de fácil instalação e ficam conectadas ao seu smartphone, seu PC, possibilitando o acesso remoto das imagens em tempo real e em alta resolução. Elas ainda oferecem a opção de gravar as imagens, bastando adicionar um cartão de memória específico para esse fim.

Além disso, existem sistemas que avisam ao usuário qualquer movimentação estranha na residência, permitindo a rápida tomada de medidas de segurança.

Clique aqui para conhecer os sistemas de CFTV JFL.

Opte pelo portão automático e/ou Fechadura Digital

O portão automático é muito importante para garantir a segurança dos moradores. Ele evita a necessidade de descer do carro ao chegar ou sair de casa proporcionando maior segurança e conforto ao usuário.  No entanto, é importante que o motor do portão seja compatível com a estrutura e a frequência de uso, havendo a necessidade de se atentar ao que melhor se adapta à sua necessidade.

A fechadura digital é importante pois dispensa o uso de chaves, diminuindo o risco de arrombamentos. Dentre as opções de fechadura digital podemos encontrar o Sensor de fechamento automático que trava a porta automaticamente e o alarme antiarrombamento que é acionado em caso de tentativas de arrombamento ou 5 tentativas sucessivas incorretas da senha.

Porteiro Eletrônico

Os porteiros eletrônicos são uma ótima opção de segurança, pois te permite atender a porta sem sair de dentro de casa, podendo ver antes quem está chamando e só depois acionar a abertura do portão.

Bem, dadas as opções, cabe a você a que melhor se adequa à sua necessidade e ao seu bolso para assegurar a tranquilidade de sua família.

Conheça os automatizadores para sua empresa e casa. 

Condomínios: Qual a importância de ter um Sistema de Segurança de Qualidade?

Atualmente temos observado um significativo crescimento no número de condomínios residenciais e comerciais. Junto desse crescimento, também ouvimos com maior frequência, notícias sobre casos de assaltos e arrastões em condomínios e que, na maioria dos assaltos nestes locais, a falha está no momento da averiguação ou liberação de visitantes e prestadores de serviços.

A garantia da segurança de todos os condôminos e visitantes é fundamental e um dos recursos para que haja essa a segurança é o uso de tecnologias de monitoramento de condomínios, tais como: instalação de câmeras, alarmes, controle de acesso, etc.

Porém, a eficiência do controle de acesso de um condomínio passa por três etapas essenciais: equipamentos adequados à situação, uma equipe de segurança bem treinada e rígida e moradores conscientes que respeitem as regras. Uma coisa está ligada a outra e não é possível que o sistema funcione plenamente se alguma dessas partes não funcionar.

Portanto, o processo de conscientização da comunidade condominial e o investimento do condomínio em sistemas de segurança e qualificação profissional da equipe de segurança são essenciais para um bom serviço de segurança no condomínio.

Tipos de Sistemas de Segurança

A  implementação de barreiras físicas e de todo um aparato tecnológico nas proporções adequadas também fazem o complemento desejável para qualquer gestor de Segurança Privada.

O simples fato da implantação de um bom Circuito Fechado de Televisão(CFTV), por empresa qualificada, em locais estratégicos das residências já inibe bastante as ações de infratores, em virtude da distribuição das câmeras em determinados pontos sensíveis dos condomínios.

Ressalta-se, que a implantação de um aparato tecnológico agregado a uma portaria condominial são ferramentas que possibilitam maior qualidade de serviço e eficiência para o gerenciador de portaria. Porém, é de fundamental importância o pleno manuseio dos equipamentos pelo funcionário responsável, ou pelo contrário, será apenas um equipamento decorativo.

É de fundamental importância que os funcionários sejam treinados para agir com maior eficácia, estando bem preparados e motivados, e que os moradores contribuam para manter o condomínio seguro.

Hoje em dia analisa-se de forma mais profissional o trabalho preventivo, sendo exigido à qualificação profissional do funcionário para a autogestão (busca pessoal para aprimoramento) da função para que o mesmo fora contratado, isso também implica em decisões mais assertivas frente a situações mais complexas do cotidiano. Levando-se em consideração a criatividade e audácia dos bandos especializados, que muito se aproveitaram das falhas dos agentes de portaria pela falta desse profissionalismo qualificado.

Manual de Segurança

Os procedimentos de segurança do condomínio devem estar claros para todos e, para que isso ocorre, o ideal é que exista um manual de segurança.

Este manual deve ser aprovado em assembleias e reuniões de condomínio e entregue a todos os moradores. Além disso, uma cópia deve ficar na portaria para que possa ser consultada sempre que houver necessidade.

Nesse documento, devem constar regras como o acesso de fornecedores e empregados e as penalidades para quem descumprir o que tiver sido acordado. Especialistas em Segurança Patrimonial indicam que o ideal é que o manual seja elaborado por um comitê de segurança eleito pelos próprios condôminos.

Nossa empresa oferece uma variedade de equipamentos de segurança que podem ser utilizados com eficácia para a Segurança de Condomínios residenciais e comerciais.

Conheça os Alarmes, CFTV e Automatizadores da JFL que você pode usar em seu condomínio.