A evolução da estrutura familiar e o aumento da expectativa de vida resulta em  mais pessoas vivendo sozinhas quando envelhecem. A cada dia, mais e mais idosos vivem sozinhos segundo a ONU. Mas, por quê? Principalmente porque a maioria dos idosos deseja viver de forma independente, em sua própria casa, o maior tempo possível.

Ter que monitorar familiares idosos que estão vivendo sozinhos é caminhar em uma linha tênue que transita entre cuidado e invasão. Quando chegar a hora, todo filho vai querer encontrar um equilíbrio que permita a seus pais agir em um ambiente familiar e confortável, onde eles não se sintam monitorados. Afinal, eles percorreram um lindo caminho até aqui e merecem manter seu orgulho e dignidade, não é mesmo?

Como ter o cuidado extra necessário para os idosos que vivem sozinhos?

Com a diminuição da mobilidade, das capacidades cognitivas e sensoriais, bem como o enfraquecimento do corpo, o fato de viver sozinho pode tornar-se gradualmente inseguro para alguns idosos. Eles são cada vez menos capazes de garantir seu bem-estar sozinhos e é preciso identificar quando é hora de acelerar o monitoramento.

Conheça algumas soluções práticas e não invasivas:

  • Fazer uso de rótulos, notas adesivas e outras ferramentas;
  • Interruptores de luz com etiqueta;
  • Rótulo de controles remotos por aparelho e sala.
  • Luzes noturnas que se acendem quando escurece para ajudar a proteger contra quedas;
  • Chaleiras com um assobio alto;
  • Sistemas anti transbordamento para evitar inundações.

 Como a tecnologia inteligente é solução para o atendimento ao idoso?

A indústria de tecnologia de cuidados a idosos, através do desenvolvimento de soluções inteligentes dedicadas, pode ajudar os idosos a viverem sozinhos na sua própria casa o maior tempo possível. Sensores inteligentes definitivamente têm um grande papel a desempenhar quando se trata de capacitar os idosos e cuidadores.

Sensores, ativação de voz, GPS, Bluetooth, conectividade via telefones celulares, aplicativos de monitoramento de smartphones e computadores estão se tornando uma opção viável para um número crescente de pessoas.

A JFL Alarmes possui alguns equipamentos que podem auxiliar no monitoramento dos idosos, facilitando o acesso das famílias à segurança dos seus familiares.

A empresa possui uma vasta gama de sensores de presença, câmeras de segurança e centrais de monitoramento, softwares para smartphones e tablets para controle de acesso, programações de centrais de alarme e etc e uma pulseira de pânico que pode ser facilmente ativada.

Confira mais em https://jfl.com.br/